Prefeito também assinou termo de cooperação com a FAETEC para abertura do primeiro Curso Superior Tecnológico Gratuito de Barra Mansa 

 

O prefeito Rodrigo Drable assinou na manhã desta segunda-feira, dia 2, na Faetec (Fundação de Apoio à Escola Técnica), no bairro Baldomero Barbará, o protocolo para instalação do Parque Tecnológico do Sul Fluminense, que será abrigado no terreno onde funcionava a Edimetal, às margens da Via Dutra, no bairro São Silvestre.

No evento de assinatura, o prefeito contou com a presença da vice-prefeita Fátima Lima, do deputado federal, Celso Pansera; do Secretário Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gustavo Tutuca, do diretor da FAETEC-BM, Ricardo Said, do diretor da Associação de Pesquisadores do Sul Fluminense, Alexandre Silva, do secretário de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, Agnaldo Raymundo e do secretário de Educação, Vantoil de Souza.

Para o prefeito Rodrigo Drable, a criação do Parque Tecnológico é resultado de parcerias da prefeitura com pessoas dispostas a ajudar Barra Mansa. “A vontade que temos nos motiva, nos dá força, quem tem uma equipe, consegue avançar de forma consistente. Temos um grupo suficiente de pessoas para superar adversidades e dentro de um planejamento, alcançarmos resultados positivos”, destacou o prefeito.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Agnaldo Raymundo, a assinatura do protocolo viabiliza uma transformação de conhecimento não apenas para o município, mas também para a região Sul Fluminense. “É um passo importante para nossa região, pois o mundo digital está trazendo muitas transformações e tecnologias. Empresas estão se transformando, assim como os empregos. Estamos adaptando nossa região a essas transformações”, disse.

Para o deputado federal Celso Pansera, que ajudou na implementação da ideia do Parque Tecnológico do Sul Fluminense, Barra Mansa sai na frente na busca por melhor conhecimento. “É uma relação entre a prefeitura que vem se aprofundando nos últimos meses, quando surgiu essa ideia. Se ficarmos remoendo a crise, nunca sairemos dela. Não há solução para sair dela de uma forma sustentável e de longo prazo senão através da inovação e pesquisa”, falou o deputado.

Quem também foi um incentivador do funcionamento do Parque Tecnológico em Barra Mansa foi o Secretário Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, o deputado estadual Gustavo Tutuca. Segundo Tutuca, o parque será ambiente propício para o desenvolvimento tecnológico da região. “Iremos gerar inovação e transformar conhecimento em riquezas. Se não tivermos o pé no chão, não iremos conseguir caminhar. Dando as mãos, cada um cedendo um pouquinho do que é possível, transformamos esse projeto em realidade, caminhando com mais sustentabilidade”, reforçou o secretário.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Primeiro Curso Superior Tecnológico será implantado em Barra Mansa

 

Além da assinatura do Parque Tecnológico, o prefeito também assinou o termo de cooperação entre a prefeitura e a FAETEC para a abertura do primeiro Curso Superior Tecnológico Gratuito de Barra Mansa.

O curso de sistemas para internet com foco em empreendedorismo digital irá durar três anos, segundo Ricardo Said, diretor da FAETEC-BM. “A primeira turma será aberta no começo do próximo ano, mas ainda não teremos processo seletivo por conta do curto espaço de tempo. As notas das últimas três edições do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) serão levadas em consideração para a inscrição dos interessados. Já a partir da segunda turma, com mais tempo, faremos um processo seletivo”, destacou Ricardo.

Para o secretário de Educação de Barra Mansa, Vantoil de Souza, a implementação da faculdade pública no município é um grande passo para a cidade a nível educacional. “Através de uma educação pública, alunos poderão se preparar e se capacitar para o mercado de trabalho. Queremos utilizar a educação como base do crescimento econômico de Barra Mansa”, comentou.

O Secretário Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, o deputado estadual Gustavo Tutuca, enfatizou a parceria entre o Estado e a Prefeitura de Barra Mansa para a implementação do curso superior gratuito. “Através de parcerias, colocamos esse curso para funcionar. A prefeitura estendeu as mãos para que a partir do próximo ano, a primeira turma de curso superior público de Barra Mansa esteja funcionando”, completou.

O deputado federal, Celso Pansera, também reforçou a importância da educação para o desenvolvimento de Barra Mansa. “Estamos dando um grande passo hoje. Queremos que o pólo possa ser e deva ser um grande local de conhecimento, produzindo e agregando valores para a geração de riqueza e emprego”, disse Celso.

Também presente na mesa durante a assinatura, o presidente da Associação de Pesquisadores da região Sul Fluminense, Alexandre Silva, elogiou o trabalho feito pelo prefeito Rodrigo Drable e dos parceiros para a abertura do curso superior no município. “A pluralidade dos que estão aqui na mesa representa o que tem sido o sonho de muitos aqui. Chega de crise, temos que superar este momento e a região tomará, com os recursos possíveis, a iniciativa de tentar tirar o Estado da crise. É a realização de um sonho”, finalizou Alexandre.

Compartilhe essa notícia!

Deixe uma resposta