Meta da Secretaria de Saúde do município é vacinar 45 mil até o dia 26 de maio; Pneumo 23 é disponibilizada junto com Influenza, mas apenas para pessoas com mais de 60 anos asilados ou acamados.

 

A Secretaria de Saúde de Barra Mansa já vacinou 11,6 mil pessoas contra a Influenza. Esse quantitativo corresponde à primeira cota de vacinas enviadas aos postos de saúde na primeira semana de campanha, que teve início no último dia 17, vacinando todos os grupos contemplados pelo Ministério da Saúde. Para a segunda semana, foram recebidas mais 6,8 mil doses. Até o dia 26 de maio, final da campanha, 45 mil pessoas deverão ser vacinadas.

De acordo com a coordenadora do Setor de Imunização, Marlene Fialho, a procura pela vacina é contínua e a maioria dos vacinados até agora foi pessoas com mais de 60 anos. “Em menos de uma semana acabamos com a primeira cota enviada para os postos. Essa semana já entramos na segunda cota de vacinas recebidas”, disse.

A vacina imuniza contra os vírus Influenza A (H1N1), H3N2 e Influenza B. Todos as UBS (Unidades Básicas de Saúde) e PSF (Postos de Saúde da Família) estão aplicando a vacina de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

O grupo contemplado pelo Ministério da Saúde para tomar a vacina é formado por idosos com idade superior a 60 anos; crianças com mais de seis meses e menores de cinco anos; gestantes; puérperas, até 45 dias após o parto; profissionais da área de saúde que atuam na assistência a portadores de H1N1; portadores de doenças crônicas (com laudo médico). Esse ano, o Ministério da Saúde disponibilizou 1600 doses da vacina para professores da rede pública e privada, do ensino básico e superior.

Pneumo 23 – apenas acima de 60 anos acamados ou asilados

Marlene Fialho destacou que junto com a Influenza, o Ministério da Saúde está disponibilizando a Pneumo 23. “Apenas para pessoas acima de 60 anos acamados ou que vivam em asilos”, enfatizou. Pneumo 23 é uma vacina utilizada para prevenir infecções causadas pela bactéria S. pneumoniae, responsável por doenças graves como pneumonia, meningite, infecção generalizada no sangue e até morte.

Cuidados além da vacina

Alguns cuidados diários devem ser tomados além da vacinação. A Influenza é uma doença respiratória e é transmitida de pessoa a pessoa através de tosse, espirro e secreções. “Lavar a mão frequentemente, colocar a mão na boca ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz com um lenço são cuidados básicos e que podem evitar a transmissão”, alerta Marlene Fialho. Não compartilhar alimentos, copos toalhas e objetos de uso pessoal também são recomendações para evitar a transmissão.

Deixe uma resposta