Indicadores, boa relação institucional e seriedade do delegado no comando da 90ª DP serviram de base para ato promovido pelo prefeito; dados apontam aumento significativo da taxa de elucidação de homicídios; até 2015, foram 45%; em 2016, resolução de assassinatos subiu para 70%

O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, acompanhado da vice-prefeita, vereadores, secretários e diretores de entidades de classe da cidade, liderou ato público na manhã desta segunda-feira, dia 6, pela permanência do delegado Ronaldo Aparecido e de sua equipe à frente da 90ª DP. Uma decisão da Secretaria de Segurança Pública do Estado está provocando a transferência de delegados nas mais de 92 unidades policiais do Rio. “Esse ato não é um pedido, mas sim o reconhecimento do trabalho de pessoas competentes como o doutor Ronaldo e sua equipe. Mesmo diante de tantas limitações e dificuldades tenho admiração e respeito pela equipe. As ações da delegacia de Barra Mansa ultrapassam os limites do município e tem reconhecimento até mesmo nacional. Não podemos perder um delegado e uma equipe tão comprometidos com a cidade”, disse Drable.

Um documento assinado pelo prefeito e subscrito por todas as autoridades presentes no ato será encaminhado ao governador Luis Fernando de Souza, o Pezão e ao secretário de Estado de Segurança Pública, Antônio Roberto Cesário de Sá. No ofício, o prefeito relata os motivos para a sustentação do pedido de permanência de Ronaldo Aparecido à frente da delegacia. Entre eles estão: dados, indicadores, relacionamento, comprometimento, seriedade, dedicação e confiança da população.

Para o delegado, as estatísticas e indicadores de segurança pública de Barra Mansa apresentam números interessantes e provam que o trabalho de investigação e inteligência são fundamentais para combater a criminalidade. Segundo ele, o Índice Nacional de Elucidação de Homicídios é de 8% e, que, em Barra Mansa, os números são muito superiores. “Até 2015, 45% dos homicídios eram solucionados. Em 2016, esse índice passou para 70%”, disse.  

A delegacia de Barra Mansa, segundo Ronaldo Aparecido, desde 2011 é uma das que apresentam maior produtividade no Estado em relação a conclusão de inquéritos, a que mais realiza prisões em flagrante, a que mais cumpre mandados de prisão. “Somos 28 policiais comprometidos com Barra Mansa. Mesmo diante de tanta dificuldade financeira a equipe supera as adversidades com dedicação e apoio das entidades e empresas da cidade”, destacou. 

O delegado Ronaldo Aparecido demonstrou satisfação ao ver as principais lideranças políticas e empresariais de Barra Mansa comprometidas em ato pela sua permanência e da equipe no comando da 90ª DP. “Esse evento aqui hoje é resultado de um trabalho que fizemos para reconquistar a confiança da população. Montamos uma equipe com policiais de Barra Mansa e isso gerou aumento na produtividade, melhores resultados e um trabalho de inteligência em inquéritos policiais”, ressaltou o delegado, agradecendo ao prefeito e as demais autoridades.    

Ronaldo Aparecido iniciou sua carreira na área de segurança pública em São Paulo onde atuou por 12 anos. Por oito anos trabalhou na DISE (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes), especializada no combate às drogas. Entre 2008 e 2011 foi delegado adjunto da 90ª DP, onde passou a responder como delegado titular.  

O presidente da CDL, Xisto Neto, disse que a permanência de Ronaldo Aparecido em Barra Mansa é de suma importância. “O doutor Ronaldo precisa ficar para dar continuidade ao belo trabalho que vem desenvolvendo”, disse.      

O diretor da Aciap de Barra Mansa, Gabriel Amorim Camargo e membro do Conselho Comunitário de Segurança Pública, disse que ‘seria uma grande perda para Barra Mansa a saída do delegado’. “Sobre seu comando, a delegacia aumentou o índice de elucidação de crime e ajudou na redução da criminalidade”, disse.

Participaram do ato público, além do prefeito Rodrigo Drable, a vice-prefeita Profª Fátima, secretários do governo, o presidente da Câmara de Vereadores, Marcelo Cabeleireiro, os vereadores Elias da Corbama, Luiz Antônio Cardoso, Vicentinho, Gilson Pooxa Vida, Zé Abel, Marcel Castro, Daniel Volpe Maciel, Zélio, Marcel Castro. O grupamento do Corpo de Bombeiros de Barra Mansa foi representado pelo tenente Douglas Cunha. O presidente do Conselho de Segurança, Leandro Amaral, também participou do ato.  No evento também estava presente o representante da Coordenadoria Municipal de Política sobre Drogas.  

Deixe uma resposta