Fernando Fagundes era candidato pelo Partido da Causa Operária

Na noite da última sexta-feira (05), o candidato do Partido da Causa Operária (PCO) ao Senado pelo Rio de Janeiro Fernando Fagundes, de 54 anos, morreu vítima de complicações após ter sofrido um acidente vascular cerebral (AVC) durante um um debate.

No dia 26 de setembro, o candidato passou mal durante um debate na Faculdade Nacional de Direito da UFRJ, no Centro do Rio. Fernando Fagundes era professor de política e poética na Universidade Federal Fluminense (UFF).

De acordo com o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a candidatura de Fernando Fagundes foi indeferida, mas ele era considerado apto a concorrer ao Senado porque havia a possibilidade de recurso.

Em um comunicado, o PCO informou que o candidato ficou internado durante o todo o período e morreu, de acordo com as primeiras informações, de septicemia (infecção generalizada).

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFRJ havia publicado nas redes sociais uma nota em solidariedade ao candidato ao Senado no dia 26 de setembro, quando o mesmo sofreu o AVC no campus da UFRJ no Centro do Rio. De acordo com os estudantes, “o candidato do PCO, Fernando Fagundes, passou mal e foi socorrido de imediato, sendo levado para a UPA mais próxima” e acrescentaram que após o atendimento na unidade “ele foi transferido durante a madrugada para a UTI do Hospital Espanhol”.

Fonte: Globo

Deixe uma resposta