Nesta quinta-feira (9), o Vasco foi eliminado pela LDU, mesmo vencendo por 1×0.

Ríos tenta finalização

O Gigante da Colina chegou a essa fase da Sula após ser eliminado em 3° lugar na fase de grupos da Copa Libertadores da América. Já o time equatoriano jogou a primeira fase da competição e eliminou o Club Deportivo Guabirá.

O duelo de ida, realizado em Quito, foi melhor para os equatorianos que triunfaram por 3×1. Com gols de Anangonó (2) e Jhojan Julio para a LDU, e Thiago Galhardo para o Vasco.

Apesar do apoio da torcida que compareceu em São Januário e do esforço dos jogadores, o time do Rio de Janeiro não conseguiu o placar necessário para seguir na competição. O desafio não era fácil, o alvinegro carioca precisava tirar o prejuízo do primeiro confronto, obrigado a marcar dois gols e não sofrer nenhum. A pressão dentro e fora de campo foi nítida, foram mais de trinta finalizações contra cinco do adversário. Logo aos 4 minutos de bola rolando Andrey quase marcou de cabeça. A equipe vascaína controlou o primeiro tempo e na volta do intervalo ficou ainda mais ofensiva. Pikachu quase marcou de falta em cobrança que tirou tinta da trave. Na base da insistência, o Trem Bala da Colina conseguiu furar a retranca equatoriana e fazer um gol aos 40 minutos do segundo tempo com Thiago Galhardo. Aos 46, o atacante Andrés Ríos chutou forte com a canhota e quase marcou o segundo. Depois do jogo, o técnico Jorginho ressaltou o rendimento da equipe e lamentou as oportunidades perdidas.

“Tivemos um domínio completo do jogo. Lembro de uma pergunta pós-jogo de um repórter deles perguntando se aquele era o Vasco. E hoje eles viram quem é o Vasco. Fizemos um gol, poderíamos ter ganho de três ou de quatro. Eles tiveram quatro chutes só”, disse o treinador

A Liga Deportiva Universitaria de Quito enfrentará nas Oitavas de Final da Sul Americana o Deportivo Cali, que se classificou vencendo o Bolívar por 6×1 no agregado dos placares.

Créditos das imagens: https://globoesporte.globo.com/

Deixe uma resposta