Orientação é vacinar apenas quem viajar para o estado de Minas Gerais

A Secretaria de Saúde de Barra Mansa, através da coordenadoria do Setor de Imunização, voltou a tranquilizar a população em relação à febre amarela. Segundo informações do setor, Barra Mansa não é área endêmica, ou seja, sem risco e contaminação.

A coordenadora do Setor de Imunização da Secretaria de Saúde de Barra Mansa, Marlene Fialho de Miranda, explicou que a febre amarela urbana foi erradicada há mais de 50 anos. “Não estamos vivenciando um surto de febre amarela. A vacina tem muitas precauções e contra indicações. As pessoas podem ficar tranquilas, porque Barra Mansa não está na área de risco”, revelou, acrescentando a orientação do Ministério da Saúde.

– A orientação é para que as pessoas não viajem para áreas endêmicas como Minas Gerais e algumas cidades do Estado de São Paulo. Por isso estamos orientando a vacinar apenas quem vai viajar. Essa vacinação deve ser feita dez dias antes da viagem. Outra dica de prevenção é o uso de repelente.

Barra Mansa está fora do cinturão de segurança contra a febre amarela

As cidades do Sul Fluminense que fazem divisa com o estado de Minas Gerais estão fazendo parte do cinturão de segurança contra a doença, são elas Resende, Quatis, Itatiaia, Valença e Rio das Flores. Estes municípios estão sob recomendação de vacinação preventiva contra a febre amarela.

Onde e quando vacinar?

A vacinação contra a febre amarela está sendo realizada na Secretaria de Saúde toda terça e sexta-feira, de 8 às 12 horas, mediante ordem de chegada controlada por senha. A Secretaria fica na Rua Pinto Ribeiro, Centro.

Deixe uma resposta