Projeto de Aceleração de Pequenos Negócios propõe o crescimento no faturamento dos investidores

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, ao lado das entidades que representam o comércio, iniciaram nesta semana o Projeto de Aceleração de Pequenos Negócios, com o objetivo de auxiliar no desenvolvimento econômico do município. A primeira aula aconteceu na noite dessa  segunda-feira (05), na Associação Comercial Industrial, Agropastoril e Prestadora de Serviços. Das 50 empresas inscritas, dez foram selecionadas para receberem capacitação e desenvolverem seus negócios.

Três etapas dividiram o projeto. No primeiro momento, na pré-seleção, os candidatos passaram por uma entrevista no qual foi levada em consideração as atividades em andamento, avaliação dos microempreendedores e das microempresas.

Segundo Lucas Andrade, o gerente do Catei, a ideia surgiu devido ao aumento de MEIs no município e o conceito central é lapidar os talentos já existentes, otimizando de forma rápida uma maneira de faturarem mais. “O projeto, através da consultoria, vai ajudar esses micro empreendedores a acelerarem os seus negócios. Se mostrando presente no mercado que atuam e trazendo mais beneficio para a sociedade”, informou.

O lucro das empresas participantes foi analisado antes do início do projeto e após dois meses, será feita uma nova avaliação. O nível de satisfação dos participantes também será mensurado através de questionários que serão distribuidos durante as aulas.

Fonte: Jornalismo PMBM

 

 

Deixe uma resposta