Jean Sousa de Seixas, de 29 anos, foi espancado e teve os dentes arrancados. Segundo PM, os suspeitos de participação no crime já foram identificados e estão sendo procurados.

Um homem de 29 anos morreu depois de ser brutalmente espancado e ter o corpo queimado durante um assalto na noite de terça-feira (27). O crime aconteceu no bairro Santa Isabel, em Resende, no Sul do Rio. Jean Sousa de Seixas era morador de Porto Real, casado e deixa uma filha.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os agentes receberam uma chamada para atender um incêndio e encontraram o corpo da vítima em chamas dentro de uma empresa, na Rua Doná Arcidia.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima teria combinado a venda de um carro e marcou um encontro com os possíveis compradores. Ao chegar no local, ela foi rendida por três suspeitos, amarrada, espancada e teve os dentes arrancados pelos criminosos. Logo depois, os criminosos colocaram fogo no corpo dela.

Jean foi socorrido pelos bombeiros, chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com o Insituto Médico Legal (IML), a causa da morte foi traumatismo craniano.

Em sua última postagem no Facebook, Jean postou uma foto com a frase cristã: “Ame seu próximo. Ajude seu irmão”.

A Polícia Civil do 89ª Delegacia de Polícia (Resende) está investigando o caso. Os agentes disseram ainda que os envolvidos no crime já foram identificados e estão sendo procurados.

O corpo de Jean Sousa de Seixas está sendo velado nesta manhã na Igreja Metodista de Porto Real, no bairro Freitas Soares.

Deixe uma resposta