Pedido de aumento da passagem pela empresa foi derrotado, e Prefeitura garante manutenção da tarifa em R$3,60

 

A Justiça negou liminar à empresa São Miguel, que solicitou revogação da diminuição das passagens de ônibus, determinada pelo prefeito Diogo Balieiro Diniz, no mês abril. Com a decisão judicial favorável à Prefeitura de Resende, o valor da tarifa reduzida este ano se mantém em R$3,60.

Esta decisão é mais uma notícia favorável ao cenário de reordenação do transporte público em Resende. Além da redução tarifária, o município pôs em prática um cronograma de fiscalização à operação do sistema administrado pela São Miguel. Ações de aferição às questões técnicas, de segurança, além de acompanhamento do cumprimento de horários de partidas e bom atendimento aos passageiros em geral, compõem a determinação do prefeito à Guarda Municipal e à Sumtran. As ações têm acontecido todas as semanas, em horários diferenciados, incluindo finais de semana. Ao todo já foram registradas mais de 100 infrações pelos fiscais da Prefeitura.

– A justiça entendeu que o pedido de aumento da passagem por parte da São Miguel não tem fundamento, e a nossa passagem continua em R$3,60. Essa derrota da empresa na justiça demonstra que estamos no caminho certo, e vamos continuar fiscalizando, cobrando e autuando, forçando o cumprimento do contrato e do nosso decreto, possibilitando um transporte com mais qualidade, pontualidade e respeito em seu direito de ir e vir – ressalta o prefeito de Resende, Diogo Balieiro Diniz.

Deixe uma resposta