Objetivo é fomentar o turismo e a cultura na cidade

 

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Barra Mansa, através da Gerência de Turismo, realizou neste domingo, dia 12, uma visita técnica na Fazenda Rochinha, que fica no distrito de Floriano, e na Fazenda Santana do Turvo, no distrito de Amparo. O objetivo da visita foi avaliar as condições e os potenciais turísticos das fazendas, para que a prefeitura possa implantar atividades turísticas nas mesmas.

Segundo a Gerente de Turismo Bhella Santos, o intuito da secretaria é alavancar o turismo em toda a cidade. “Vamos realizar roteiros específicos para visitação nessas duas fazendas e faremos novas visitas técnicas em outras propriedades que tenham potencial turístico, com o objetivo de alavancar o turismo em todo o município. Vamos trabalhar em parceria com as secretarias de Educação e de Cultura fazendo com que os barramansenses conheçam sua própria história”, revelou.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Agnaldo Raymundo, destacou a história da fazenda Rochinha, que foi construída em 1717 no Vale do Café e produz a cachaça Rochinha, que é reconhecida internacionalmente. “Temos que apoiar as empresas que oferecem produtos de qualidade. A parceria com o município e a divulgação dos produtos nas visitas tem tudo para aumentar o faturamento da empresa, e consequentemente, ajudar no desenvolvimento da cidade”

O proprietário da fazenda Rochinha, Antônio Rocha, falou da importância dos munícipes conhecerem a história da cachaça, que faz parte da cultura da cidade. “Vamos conseguir mostrar para a população como é produzida a cachaça, que já é centenária na região. Vamos mostrar que existe em Barra Mansa algo interessante para as pessoas conhecerem”, revelou, acrescentando o novo empreendimento da fazenda. “Ainda neste ano vamos começar a produção de gim, que será a primeira do estado”.

Para o Superintendente da Fundação de Cultura, Marcelo Bravo, que também participou das visitas, esta parceria será de grande valia para o município. “Tivemos a oportunidade de conhecer essas fazendas que são relíquias de nossa cidade. São histórias vivas, ativas e fortes, com produção, por exemplo, de uma bebida que é patrimônio do Brasil, situada dentro do coração da cidade. Fico contente com essa parceria, tanto na visitação, como para o consumo e produção dos produtos”, avaliou.

Já o empresário João Luiz de Carvalho, proprietário da fazenda Santana do Turvo, falou do trabalho desenvolvido em sua propriedade. “Muitas novelas foram gravadas aqui, como por exemplo, ‘A Escrava Isaura’. Vamos abrir para visitação para resgatar a cultura e também para ajudar na conservação da propriedade”, concluiu.

Fotos: Divulgação

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta