186 ANOS

Evento tem a finalidade de reforçar o patriotismo, demonstrando o trabalho que vem sendo desenvolvido em todas as entidades da cidade, além de ampliar o sentimento de pertencimento do cidadão à cidade. Cerca de seis mil pessoas participam do desfile

Barra Mansa completa 186 anos nesta quarta-feira (03). A data será festejada com várias atividades, uma delas o desfile cívico escolar, que atrai multidões para as Avenidas Domingos Mariano e Joaquim Leite, no Centro.

O desfile terá início às 9 horas com mais de seis mil participantes e a presença do prefeito Rodrigo Drable, da vice-prefeita Fátima Lima, do superintendente da Fundação Cultura, Marcelo Bravo, além de secretários e outras autoridades do município.

O desfile cívico-escolar de Barra Mansa tem o objetivo de reforçar o patriotismo, demonstrando o trabalho que vem sendo desenvolvido em todas as entidades da cidade, além de ampliar o sentimento de pertencimento do cidadão à cidade.

O palanque oficial será estruturado em frente ao CESP (Centro Estratégico de Segurança Pública). Ao todo 32 instituições passarão pela avenida. No local, serão distribuídos informativos com a ordem das instituições que irão desfilar.

O início do desfile ocorre após o posicionamento das guardas bandeiras em frente ao palanque para execução do Hino Nacional e o Hino à Barra Mansa, pela Banda Sinfônica do Projeto Música nas Escolas.

O primeiro setor a desfilar será composto pelos órgãos de segurança da cidade (Guarda Mirim, Guarda Municipal, Tiro de Guerra, 28° Batalhão da Polícia Militar, 7° Grupamento de Bombeiro Militar e a Defesa Civil). Em seguida, entra na avenida a Banda Marcial do Projeto Música nas Escolas, que acompanhará os alunos da rede municipal e privada de ensino. As bandas do Projeto Música nas Escolas também virão compondo o setor. Esta ala, especificamente, possui mais de quatro mil participantes, divididos entre alunos e equipe docente das escolas barramansenses.

As secretarias municipais de Saúde, Desenvolvimento Econômico, com representantes do artesanato de Barra Mansa, Desenvolvimento Rural, Assistência Social e Direitos Humanos, Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), Susesp (Superintendência de Obras e Serviços Públicos), dentre outros órgãos públicos compõem os outros setores. Além disso, entidades como Cemae (Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado), Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), Aapl (Associação de Apoio a Portadores de Leucemia do Sul Fluminense), Cavaleiros de Barra Mansa, Amigos da Barra de Direção Antigomobilismo, Transfuturo Veículos, Bike, Corbama (Clube de Corredores de Barra Mansa),  BM Sloths – Sloths de Futebol Americano e Capoeira, Cooperativa BM, VW Clube Barra Mansa, Projeto Dança & Magia, Instituto Universo Acreditar, Instituições Religiosas, integram outros seis setores que irão desfilar.

Trânsito será alterado a partir das 22 horas deste dia 02

Para garantir a segurança das pessoas que vão desfilar e também do público, o tráfego de veículos em algumas ruas do Centro estarão interditados. O fechamento das vias acontece neste dia 02, a partir às 22 horas, e permanecerá até às 14 horas do dia 03. Durante esse período, a passagem de veículos pelas vias interditadas estará sujeito a multa. O estacionamento na rua a partir do Supermercado Bramil até o Terminal Rodoviário ficará suspenso. Caso o motorista descumpra a ordem, o veículo poderá ser autuado e removido.

A Guarda Municipal realizará a interdição das vias e estará presente vistoriando durante todo o período com objetivo de dar tranquilidade aos participantes do desfile. O fechamento das vias públicas e o desvio de todo tráfego de veículos iniciará pela Avenida Domingos Mariano, na altura das Lojas ED+ e INSS, virando à esquerda pela Rua José Caetano dando acesso ao viaduto Doutor Didácio de Souza Fonseca (Viaduto da prefeitura), para as Ruas Luis Ponce e Pinto Ribeiro.

A Rua Alberto Mutel estará bloqueada no sentido Dário Aragão e liberada no cruzamento sentido rodoviária (na passagem de nível próximo à Praça da Liberdade). A Rua Bernardino Inácio Silva e São Sebastião seguem normalmente sem nenhuma alteração, porém a Rua Monsenhor Costa estará bloqueada para acesso a Avenida Joaquim Leite, assim como a Rua José Cardoso Guimarães Cotia (laterais da Igreja Matriz).

Por conta disso, o ponto de ônibus atrás da Igreja Matriz será suspenso temporariamente durante o desfile. A alternativa para os passageiros será utilizar o ponto da Rua Doutor Mário Ramos. O trajeto dos coletivos também será alterado, descendo pela Rua Doutor Mário Ramos e utilizando a Rua Albo Chiesse, próxima ao Viaduto Alexandre Fischer, na Estamparia.

Para acesso aos bairros Abelhas, Monte Cristo, Apóstolo Paulo e Via Dutra, os motoristas podem utilizar a Rua São Sebastião, que conduzirá à Rua Monsenhor Costa. Para os bairros Santa Clara, Goiabal e São Pedro, a alternativa é a Rua Albo Chiesse, na Estamparia, que dará acesso a Via Dutra.

Durante o período de interdição não estarão em funcionamento os pontos de táxis da Avenida Domingos Mariano, Joaquim Leite, Alberto Mutel (sentido Rua Dário Aragão), Monsenhor Costa e Andrade Figueira. Mantém-se o ponto da Rua Orozimbo Ribeiro durante o evento (da loja CEM ao Royal). Os veículos de emergência estarão localizados na Rua José Cardoso Guimarães Cotia.

Fotos: Paulo Dimas

Deixe uma resposta